Funcionamento de um filtro de óleo.

Princípio de Funcionamento de um filtro de óleo.

 Um filtro de óleo, como normalmente conhecemos tem um princípio de funcionamento bem simples.

O fluxo de óleo do motor a alta pressão (vamos considerar como “óleo sujo” – flecha em vermelho ), entra pelos furos menores, passando pela lateral do filtro, onde encontra o elemento filtrante.

Sem alternativa, o fluxo de ‘óleo sujo” é obrigado a passar pelo elemento filtrante, onde as partículas maiores que 21 µm ficam retidas. Após isso, o fluxo de óleo contendo partículas menores ou iguais a 20 µm entra no canal central do filtro, voltando ao motor para lubrificar as partes moveis.

A medida que o tempo passa, o elemento filtrante vai saturando. Os pequenos “furos” no papel, começam a ser preenchidos (entupidos), e a dificuldade em filtar começa a aparecer. No momento em que a pressão na câmara pré-filtragem se torna maior que a pressão da válvula de saturação, a mesma se abre, liberando o fluxo de óleo sem passar pelo elemento filtrante.

 

A fotografia mostra o elemento filtrante saturado.

O uso continuo de FilterMag, além de remover as partículas mais nocivas ao motor, impede a proliferação exponencial de partículas, aumentando a vida do filtro, do óleo lubrificante e do motor.

 

Repare nas partículas metálicas retidas na parede do filtro.